Funcionamento
Funcionamento

 

..SERVIÇOS:                                                                                                                                                 

 

Procura-se garantir a  satisfação das necessidades de:

 

  • •  Higiene e conforto;
  • •  Alojamento;
  • •  Alimentação;
  • •  Tratamento de roupas;
  • •  Convívio e ocupação;
  • •  Apoio Psicossocial;
  • •  Saúde (assistência pelo Médico de Medicina Geral e Familiar, 1 vez por semana, para consultas
  •     de rotina e aquando do surgimento de alguma situação que necessite de acompanhamento
  •     médico; acompanhamento diário de enfermagem para gestão da medicação e controle dos sinais
  •     vitais).

 

..ATIVIDADES:                                                                                                                                             

 

Apesar do alojamento ser numa estrutura diferente, são promovidas e realizadas as mesmas atividades, densenvolvidas no Lar de São Bento:

 

Estimulação física:

- Ginástica, 2 vezes por semana (Lar, Residência, Centro de Dia);

- Jogos de Boccia com outras Instituições (Lar, Centro de Dia e Residência);

- Treino da motricidade fina;

- Passeios a pé;

- Prática de jardinagem e terapia  hortícola;

- Prestação de cuidados a animais de estimação (Lar, Centro de Dia e Residência).

 

Estimulação cognitiva e sensorial:

- Atelier “Saber +”: fomentar a leitura, escrita, cálculo e compreensão do meio;

- Atelier da memória e estímulo da linguagem;

- Atelier de expressão plástica;

- Atelier de expressão musical;

- Jogos lúdicos e pedagógicos;

- Momentos audiovisuais;

- Jogos de estimulação dos 5 sentidos;

- Snozelen (Lar, Centro de Dia e Residência).

 

Estimulação emocional e social:

- Diálogo e debate sobre temas e notícias da atualidade;

- Atelier de Estética e de Imagem pessoal;

- Prática Religiosa;

- Comemoração de datas festivas (Natal, Páscoa, aniversários, etc.);

- Saídas culturais e recreativas;

- Convívio com cidadãos de outras Instituições.

 

De salientar que se procura sempre privilegiar a interação com a família, com outros elementos significativos e com a comunidade, no intuito de otimizar os níveis de atividade e de participação social.

 

..CAPACIDADE:                                                                                                                                           

 

12 cidadãos

  

COMO.INSCREVER-SE?                                                                                                                            

 

As inscrições dos indivíduos interessados realizam-se nos Serviços de Ação Social da sua área de residência, onde é elaborado o Processo de Internamento.

 

Deve fazer-se munir dos seguintes documentos:

  • •  Documentos de Identificação (Bilhete de Identidade, Cartão de Beneficiário;
  •    Cartão de Contribuinte);
  • •  Comprovativo de Rendimentos;
  • •  Declaração com Registo de Património das Finanças;
  • •  Relatório Médico atualizado (indicando o estado clínico, medicação e que não
  •    sofre de doenças infeto-contagiosas).

 

O acesso depende de apreciação prévia da situação de saúde, sócio-familiar e económica.

 

..COMPARTICIPAÇÃO:                                                                                                                                  

 

A comparticipação mensal incide na totalidade dos rendimentos do cliente. As contribuições podem ainda, ser complementadas com contribuição financeira por parte de familiares, visando fazer face às despesas de Internamento.

Neste âmbito, importa salientar que o custo médio mensal efetivo por cada cidadão institucionalizado é de 1420€. *

 

(* De acordo com Orientação Técnica do ISSM, IP-RAM)

 

HORÁRIO.DE.FUNCIONAMENTO:                                                                                                                

 

7x por semana / 24h por dia

 

HORÁRIO.DE.VISITAS:                                                                                                                               

 

Não existe um horário de visitas rígido para que familiares e amigos possam facilmente conviver com os clientes, no entanto solicita-se respeito pelo horário das refeições e de descanso. Assim propõe-se o seguinte horário:

                                               9.00h-12.00h e 15.00h-20.00h.

 

.SAÍDAS:                                                                                                                                                      

 

Sempre que desejarem, os clientes podem se ausentar da Instituição desde que as suas condições físicas e intelectuais o permitam e que os horários das refeições / toma da medicação sejam respeitados.

Quando as saídas abrangerem horário noturno, os clientes ou famílias, devem informar antecipadamente a equipa técnica, de forma a se proceder à preparação de roupas e medicação para o período de ausência.

 

 

topo